Tag Archives: paquera

Como zerar na balada.

15 jun

Caras amigas!

Em um jantar entre as avursas, nossa amiga Marinavursa nos contou que havia sonhado que estávamos bombando, e por isso, fomos parar no Jô Soares. Mas, no sonho, nosso blog falava da nossa vida pessoal e de experiências avusas próprias!

Portanto, farei um post um pouco mais intimista pra ver se o gordinho nos chama e a platéia faz AAAAA no final!

Irei contar hoje sobre um estágio extremo da avursisse: A avursisse que evita a fadiga. É, exatamente. Chega um determinado ponto que a vida de solteira lhe parece tão satisfatória que, se quer avursisses temporárias interessam, aliás, até mesmo o interesse masculino torna-se desinteressante e dispensável. Então, adota-se o lema: Zerar, zerar e zerar!

No ano passado fomos acometidas por esse mal e vamos compartilhar as táticas que usávamos para brochar o sexo oposto e, assim, garantir nosso sossego.

Vamos combinar! A gente precisa ta querendo muiiiitoooo dar aquela avursadinha pra ter que tolerar aquela conversinha de “estou te conquisntado, gatinha” .

Depois que você disse 300 vezes que faculdade você fazia, oq eu gostava de ouvir, comer, ler, cheirar etc etc etc, sem contar os clichês que nem iremos comentar por falta de estomago.

Bom, chega um determinado ponto que pensamos: Isso pode ser evitado, eu sei que pode.

Então começamos a nos comportar como verdadeiras dementes, uma coisa nada sensual. É claro que nem fazíamos muito esforço, uma vez que temos um pouco esse perfil de retardadas.

Segue:

balada_vistaaerea_thumb

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Situação 1: O cara já acha que é seu intimo e pode te cumprimentar com beijinhos.

Você estende o braço simulando que ira apenas dar um aperto de mão e quando ele indica fazer o mesmo, meio desconfiado pelo comportamento peculiar, você faz aquele FONNNNN que fazia quando estava na primeira série. Esse mesmo que você está pensando, que aperta o nariz..

É infalível! Os gatinhos de Pólo listrados já saem a procura de uma nova presa e você nem precisa gastar saliva!

Situação 2: Sabe o cara mais gato da balada que estufa o peito porque sabe que é gato? Então. Geralmente ao ver um Deus desse ao seu redor, tendemos a mudar o comportamento para pagar um pouco de gatinha e atrair o pitel. Não da certo.

A melhor coisa é você queimar seu filme logo pra não ter mais que  se preocupar em fazer tipo. Para isso usamos a dança do acasalamento, como a chamamos. Vá atrás do rapaz com as mão na nuca e o joelho flexionado, abrindo e fechando o joelho. Lembra muito uma garça com câimbra. É dito e feito. Ele jamais vai chegar em você, se é que você tinha alguma dúvida disso.

Situação 3: Dance como se estivesse num grupo de pagode. Sabe aqueles gestos que indicam a letra da música? Então. É super sexy também. Nenhuma cara vai ficar tentando entrar na sua rodinha, o que é o objetivo da proposta.

É isso. Usamos muito essas técnicas no ano passado e foi ótimo ter zerado em todas as baladas. O importante é a diversão.

Advetencia: isso pode ter um efeito colateral e causar o efeito oposto. Tem cara que acha engraçado e aí que faz questão de chegar. O ponto positivo é que, nesse caso, o xaveco sai um pouco do script e já poupa nossa paciência!

Anúncios

Se fazendo de morta…

16 maio

Os homens costumam se achar a última bolacha do pacote por conta de alguns traços do comportamento feminino que depõe contra nosso poder de controle nas relações.

Por exemplo, existem preocupações que atingem tão e somente as moçoilas: Não ligar no dia seguinte,  sumir depois de um tempo,  não pedir em namoro e enrolar, olhar para outras mulheres descaradamente, entre outros.

Pelo fato desses comportamentos muitas vezes perturbarem a cabecinha das mulheres, eles logo vão se elegendo os donos da situação.

Mas se esquecem que o chamado “perdido” é uma prática muito mais comum da mulher e, ao contrário do homem, é muito mais sutil.

Atire a primeira pedra a mulher que nunca se fez de morta!

fingir de moraÉ isso aí, nos fazemos de desentendidas, nos esquivamos e, sem que ele perceba, mantemo-os “cozidos”.

 Não damos um fora, mas também não cedemos… mantemos o cara ali, a nossa disposição para qualquer emergência ou simplesmente para suprir nossa carência de uma presença masculina vez ou outra.

Enquanto eles acham que estão “mandando muito” e nos conquistando, nós, muito astutamente, vamos levando o pretendente da maneira que melhor nos cabe.

Afinal, a conquista é sempre a melhor parte, e porque não selecionarmos alguns camaradas, aleatoriamente, para ficarem nesse papel o tempo que quisermos?

 Assim que estes cumprem sua função, nós mulheres também damos aquele “perdido” fenomenal e mais uma vez, ao contrário dos homens, o perdido é tão sutil que frequentemente eles ficam sem entender e daí vem a teoria de que somos incógnitas complicadas.

Cozido em Potencial

9 maio

FATO: você fica com o cara, se ele te interessa minimamente,  no dia seguinte você tá la: vasculhando o orkut do rapaz.

muherVamos dar dicas de como indentificar o cara que só vai te cozinhar:

Indicio 1: Muita mulher. A palavra saudades e a combinação de algum programa está presente em 80% dos scraps. Os outros 20% é spam.

Indicio 2: Album.  Muita foto de balada, muita mulher. Geralmente é acompanhado por um album com fotos SÓ dele. Nesse caso não tem jeito, o rapaz está visivelmente se anunciando no mercado. Não vai manter o foco em você.

Um album familiar pode até amolecer o coração e despertar sentimentos do tipo: que fofo. Mas cuidado, meninos de família também pode ser avursos maus.

Indicio 3: Testemunial. Pior do que testemuniais com frases melozas de meninas são quando elas o chamam de irmãozinho, meu grande e super amigo e afins. Geralmente essa é a menina que ele coziu ou está cozindo, vulgo a amiga colorida que ele requenta nas horas vagas.

Xerete, mas tome cuidado para não virar a maniaca do orkut e não sair do perfil do cara.

Ele não está a fim de você

8 maio

” A regra é o seguinte, se ele não liga, ele não quer” 

( Filme : Ele não está a fim de você).

Esse post é dedicado a realidade nua e crua de muitas avursas: quando ele não está a fim de você.

Se ele não te liga não é porque sofreu algum acidente, ou perdeu o celular, tão pouco porque está se fazendo de difícil.

Se ele não te pediu em namoro, não é porque ele precisa de um tempo, ou porque tem medo de se envolver ou porque está Inseguro.

As vezes o óbvio é o mais dificil de se enxergar, se ele não te procura ele pode simplesmente não estar afim.

Mas não se desespere, nem se diminua, o cara certo uma hora aparece.. Enquanto isso, siga a sabedoria popular e se divirta com os errados.

Avursisse também é Sazonal

5 maio

Uma frente fria vinda de algum canto do mundo ganha intensidade nessa semana.

 Eu sei que previsão do tempo não é o foco do blog, mas acreditem, avursisse é igual moda: a cada estação as tendências mudam.

 bjo-na-neve

E o inverno é um estaçãozinha ingrata!

Os casais poderiam muito bem ficar em suas “tocas” quentinhas, já que já arrumaram um cobertor de orelha. Mas NÃO! Fazem questão de sair às ruas, parecem se multiplicar. Aí até as avursas mais avursas se abalam com esse clima de final de filme hollywoodiano

Então a dica da estação é:

Alguma coisa no inverno faz com que as pessoas fiquem mais tendenciosas a assumirem um compromisso estável. Por isso, se você está sendo cozida tente fazer o bofe adicionar o cozido ao prato principal.

 Se você gosta mesmo dessa vida avursa, já deixe um candidato no jeito. A carência vai bater em algum momento. Principalmente quando sua turma suspender aquele churrasco por uma noite de fondue ou deixar de ir pra balada pra ver um filme na casa de alguém.

As descidas para praia viram idas a campos do Jordão ou viagens a qualquer outro lugar com montanhas e paisagens bucólicas, jantares são mais freqüentes e tudo tende ao caos!

 Conclusão: prepare um avurso porque, a qualquer momento, pode surgir uma dessas situações de carência emergente.

 

E lembre-se, na próxima estação tudo muda outra vez!

Como saber se ele está de olho – Técnicas bizarras

29 mar

Existem algumas teorias, quase que científicas, que também podem ser usadas em favor da avursisse. A teoria que iremos desenvolver hoje, em nosso benefício próprio, é o bocejo (é, isso mesmo!).

bocejo11ª premissa: Toda vez que vemos alguém bocejar somos influenciados, não sei porque cargas d’água, a bocejar também.

2ª premissa: Toda vez que estamos de olho naquele avurso, para começar qualquer plano de ação, precisamos saber se ele também está de olho!

3ª premissa: Quando se tem um alvo não se pode explicitar que ele/ela é o foco da noite. Por isso, tanto homens como mulheres, procuram disfarçar um pouco o olhar enquanto estudam o território, mas observam o tempo todo.

Conclusão: Para saber se você é o alvo, dê uma sutil, mas irresistível bocejada. Se ele bocejar significa que ele está de olho e você já pode traçar uma estratégia fatal, de acordo com seu próprio interesse.

E funciona! Acreditem…

Avursos – 8ª Situação: Parques

27 mar

casaisnoparque_f_bio2Ah! O parque é tão romântico!

Avurse e aproveite pra perder uns kilinhos! Se você tiver um cachorro, não tenha medo de usá-lo!
A aproximação aí ocorre de modo espontâneo e natural. Enquanto os caninos se cheiram, vocês começam trocando informações veterinárias e terminam trocando telefones.

 

Esse foi um pequeno resumo de bons lugares para avursisses. Na verdade, não há lugares ruins e uma boa avursa sabe disso!
Se nada certo, passe em frente à uma construção só para que te lembrem que você é poderosa.

Avursos – 6ª Situação: Padaria, supermercado, açougues etc

27 mar

supermercado1

Não se pode deixar de avursar nem na hora de comprar o leitinho das crianças.
Supermercados 24 horas, padarias de sábado e domingo também são dignas de uma avursisse.

O público jovem e os homens independentes adoram fazer sua compra de madrugada. E se você prefere o tipo moleque, tudo bem! Eles sempre estão na sessão de bebidas em busca de um bom “esquenta”.

Entre uma prateleira e outra, sempre rolam olhares, comentários. Nesse caso é melhor estar acompanhada de amigas. Eles nem vão desconfiar que vocês estão indo à caça no supermercado e vão se sentir a vontade para puxar um papo informal.

O mesmo se aplica às padarias nos finas de semana.

Avursos – 5ª Situação: Transporte Público

27 mar

metro1Se você está a pé, também há uma luz no fim do túnel.

Ônibus e metrô são como pescar. Você tem que ter paciência até que algo apareça.
Sempre fique esperta na hora do ponto. Dar aquela olhadinha enquanto ele passa na catraca é fundamental. Assim, eles se sentem convidados a se sentarem ao seu lado e aí, já está tudo encaminhado.

 

Se o ônibus/metrô estiverem lotados também podemos ter situações ao nosso favor: Pedir pra segurar a pasta, pedir licença ou situações típicas do sacolejo no ônibus, podem ser bons pretextos para o início de qualquer conversa.
Se você for de trem e escolher o trecho da cidade universitária até o Morumbi a coisa já muda de figura. Ar condicionado, música clássica e um público masculino selecionado!
Se nada der certo, pegue um táxi e reze para o taxista ser um deus grego. É raro, mas de vez em quando o motorista faz valer a corrida.

Avursos – 4ª Situação: Trânsito

27 mar

transito1O trânsito pode ser estressante, mas guarda boas surpresas.
Pra quem gosta do tipo engravatado e bem sucedido, é a melhor pedida.
Faria Lima, Funchal, Vila Olímpia, Paulista e Berrini no horáio de pico são amostras do que pode existir de melhor. A sumaré no fim da noite também reserva boas supresas..

 
É só você dar aquela olhadinha, fazer aquela cara de moça séria e apressada que os vidros se abrem. Afinal, estamos todos sem fazer nada. É um bom momento para avursar.